Seja Bem Vindo

Este Blog foi criado com o objetivo de possibilitar uma maior interação entre minhas atividades e àqueles que por elas se interessarem.
Espero que gostem.
Antecipo meus agradecimentos e não esqueça de deixar seu comentário.
Sugestões pelo e-mail.
Obrigado pela visita.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Como a escola pode usar a internet para se comunicar melhor com os pais?


Como a escola pode usar a internet para se comunicar melhor com os pais?
Manter saudável a relação da escola com os pais de seus alunos é uma das mais importantes ferramentas para o sucesso da instituição. Com pais satisfeitos, as matrículas renovadas são uma certeza, os coordenadores e professores sentem-se mais a vontade para realizar seus trabalhos e consequentemente os alunos ficam mais instigados à aprender.  E não é segredo que a forma mais prática de estimular uma boa relação com os pais é através da comunicação.
Como nem sempre os pais têm tempo de se comunicar com os professores e coordenadores pessoalmente, por que não usar a internet para estreitar esses laços com qualidade? Graças à tecnologia, é possível construir uma relação com as famílias, conectando-as com a realidade da escola e consumido menos tempo de ambas partes,  além de ser mais conveniente para muitos. Confira algumas dicas:
1. Grupos no WhatsApp
Muitos pais já têm grupos com pais de outros alunos para socializarem as experiências dos filhos na escola, falarem sobre trabalhos, eventos e programas caronas. Por que não agregar professores à essa rede? Um grupo com professores e coordenadores no WhatsApp pode aproximar os pais da realidade escolar que os educadores já convivem diariamente, ao passo que aproximará estes educadores da realidade do aluno em casa. Além disso, tornará mais fácil a comunicação na hora de tirar alguma dúvida sobre o que foi passado na agenda, sobre o material que deve ser levado, sobre a hora dos eventos.
2. Newsletter
Uma máxima no mundo do marketing é que “o segredo” está na lista de email marketing, também conhecida como Newsletter. Através de plataformas como o MailChimp ou UOL Host, é possível criar um e-mail personalizado que pode ser mandado periodicamente com novidades sobre a escola, informações internas sobre matrícula, eventos ou informações sobre notas e boletins, além de mensagens especiais em datas como Dia das Mães/Dia dos Pais, Páscoa e Natal.
3. Site da escola sempre atualizado, com realizações e feitos dos alunos
Sua escola pode ter uma proposta pedagógica interessante, promover bons projetos, ter compromisso com o meio-ambiente, levar os alunos à pensar diferente. Mas de que adiantam tantas qualidades se, ao procurar pelo nome da instituição no Google, os pais acharão uma página vazia, cinza, com poucas informações? É preciso que o site mostre o que aquela escola tem de bom, mas acima de tudo o que ela tem de diferente das outras – fotos das competições e eventos que os alunos participaram, atividades extracurriculares, colagens com matérias da escola que saíram na mídia, portfolios sobre os projetos, além de uma área dedicada para contato, onde os pais possam receber o Newsletter do site por email. É interessante também frisar no topo do site a missão, metas e valores da escola.
4. Atualize as redes sociais, como Instagram, Twitter, Facebook e LinkedIn
Mídias sociais são muito importantes – hoje em dia, pessoas nascidas na geração Y já são pais e mães completamente inseridos nos meios digitais. Esses pais e mães usam internet para, entre outras coisas, falar – e muito – sobre seus filhos, contar sobre seu dia a dia, suas experiências. Muitas mães, aliás, trocam essas experiências entre si, contando qual o melhor lugar para levar filhos nas férias, os restaurantes que oferecem boas opções de cardápios para crianças e, claramente, as melhores escolas e creches. Logo, empresas e instituições com boas páginas na internet causam boa impressão nesses pais. Confira mais dicas sobre TwitterFacebook, LinkedIn e Instagram que postamos no blog anteriormente.
5. Enviar por email lista de sites onde os pais podem ajudar seus filhos com as tarefas:
Peça para que seus professores recomendem sites onde os alunos possam pesquisar sobre conteúdos, acessar bancos de questões, tirar dúvidas e aprender mais. Com esses sites em mãos, repasse para os pais inscritos no Newsletter e divulgue no Facebook da escola que é possível obter essa lista ao se inscrever no site da escola, agregando mais pais para a sua rede de contatos e email marketing. (por Aditi Rao, do site TeachBytes)
6. Enviar formulários de satisfação periodicamente:
O feedback dos pais é essencial para que a escola reconheça onde pode melhorar e entenda mais claramente o que os pais esperam dela. Através de formulários em plataformas como o Google Forms, você pode medir a satisfação dos pais e identificar áreas em crise com perguntas sobre diversos aspectos, como estrutura, professores, didática. Os pais gostarão de saber que a opinião deles importa! (por Aditi Rao, do site TeachBytes)
Como você usa a internet para aproximar sua escola dos pais?
Disponível em http://www.escribo.com.br/como-a-escola-pode-usar-a-internet-para-se-comunicar-com-os-pais/

Nenhum comentário:

Postar um comentário