Seja Bem Vindo

Este Blog foi criado com o objetivo de possibilitar uma maior interação entre minhas atividades e àqueles que por elas se interessarem.
Espero que gostem.
Antecipo meus agradecimentos e não esqueça de deixar seu comentário.
Sugestões pelo e-mail.
Obrigado pela visita.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Concurso C 137: Seduc retifica informação

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) retifica a informação de que todos os aprovados no concurso C-167, para seleção de professores da Educação Especial, foram nomeados. Dos 493 aprovados no certame, foram convocados 423 professores, e mais treze do cadastro de reserva para os municípios de Belém, Breves, Conceição do Araguaia e Itaituba - a fim de atender a demanda apresentada pelas escolas estaduais nessas cidades -, totalizando, portanto, 436 nomeados. A lista com as nomeações foi publicada na edição do dia 29 de maio do Diário Oficial do Estado. Faltam, ainda, serem nomeados outros 71 candidatos aprovados. O concurso tem validade até dezembro de 2014.

Esse foi o primeiro concurso para a educação especial promovido pelo Estado. Os professores serão lotados em 31 municípios, beneficiando 14 Unidades Regionais de Educação (UREs). Ainda serão nomeados 4 professores para a URE de Bragança, 29 para a de Abaetetuba, 6 para a de Santarém, 2 para a de Óbidos, 7 para a de Castanhal, 4 para a de Santa Izabel do Pará, 2 para a de Capanema, 1 para a de Capitão Poço, 16 para a de Belém.

Uma carta foi enviada aos aprovados com informações sobre as providências a serem tomadas. Caso o candidato não receba a correspondência pelos Correios em até duas semanas após a publicação da nomeação, o mesmo deve comparecer à Sead. Os convocados ainda terão de fazer exames médicos admissionais, que serão apresentados à perícia para composição de laudo. A posse será no prazo de 30 dias, a partir da publicação no Diário Oficial.

O nomeado deverá apresentar original e cópia dos seguintes documentos: certificado de conclusão de nível de escolaridade (correspondente ao cargo), CPF, RG, título de eleitor, comprovante de votação da última eleição (dois turnos), PIS, certidão de nascimento, comprovante de residência e atestado de antecedentes criminais da Justiça Estadual e Federal. O prazo para a posse poderá ser prorrogado por mais 15 dias; depois disso, o ato de provimento será tornado sem efeito.

Texto: Mari Chiba
Ascom/Seduc

Nenhum comentário:

Postar um comentário