Seja Bem Vindo

Este Blog foi criado com o objetivo de possibilitar uma maior interação entre minhas atividades e àqueles que por elas se interessarem.
Espero que gostem.
Antecipo meus agradecimentos e não esqueça de deixar seu comentário.
Sugestões pelo e-mail.
Obrigado pela visita.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

DIÁRIO DE LENNON (sétimo dia)


O segredo de Lucas


Encontrar o Lucas foi mais fácil do que eu imaginava. Seguindo as orientações da mãe dele, confirmei a informação que ele aparece nas cenas do documentário experimental que produzi. O irmão do John Lennon mora atualmente na cidade de Bragança, município do nordeste do Pará. Lugar onde foi gravado todo o documentário. No filme ele aparece junto com um grupo de músicos locais durante um ensaio em homenagem à São Benedito, o padroeiro da cidade. Assim que confirmei a informação, liguei para uma amiga que faz a assessoria desse grupo de músicos e descobri mais detalhes sobre o paradeiro do garoto. Lucas mora a mais de um ano em Bragança e é responsável pela segurança do prédio da associação de música da cidade. Mas ele é cego, como pode vigiar um imóvel? Perguntei. “Como assim cego? De onde você tirou essa história? A única deficiência do Lucas é a paralisia nas pernas”, respondeu minha amiga. A resposta da assessora foi confirmada por ele. Lucas disse que começou a enxergar no dia em que Lennon morreu. “Eu não sei explicar como aconteceu, mas no mesmo dia da morte do meu irmão, eu acordei enxergando as coisas. Pra mim foi um susto, a reação que tive foi guardar isso só pra mim. Tinha medo de ser apenas uma alucinação. Eu estava me preparado pra contar pro Lennon só à noite, quando ele chegasse do trabalho. Mas quando eu ia falar, nós recebemos a notícia que ele tava morto”, contou. Segundo ele, a fuga para Bragança foi devido a não aguentar mais apanhar tanto de sua mãe. “Apesar de em nenhum momento o Lennon falar isso no diário, eu era muito maltratado pela minha mãe. E sabia que sem a presença do meu irmão em casa, a coisa ia piorar. Agora, por favor, se foi ela que mandou o senhor me procurar, fala pra ela que não me achou tá bom. Eu não quero voltar pra casa. Não quero”, disse. Em seguida desligou o telefone na minha cara. Abaixo a íntegra do sétimo capítulo do diário de John Lennon:

DIÁRIO DE LENNON (sétimo dia)
Não sei se é impressão minha, mas confesso que estou me sentindo mais inteligente depois que comecei a escrever este diário. E até já estou levando a sério a ideia de ser escritor. Inclusive até falei isso para uma repórter de televisão que esteve hoje de manhã lá na BR. Ela tava entrevistando os vendedores de pamonha e perguntando sobre o que eles pensam sobre o futuro do país. Afinal estamos em 2008, e é ano de eleição.
A resposta da maioria dos vendedores de lá foi que eles esperam vender o dobro de pamonhas no futuro e terem sua própria barraquinha de venda na estrada. Quando eu respondi para a repórter que no futuro eu queria ser escritor, todos meus colegas me deram uma vaia. “Deixa de besta, John. Onde já se viu escritor vendedor de pamonha. Isso é coisa de gente rica”, disse seu Juscelino, 60 anos, o “pamonheiro” mais velho lá do meu trabalho. “Escritor não é profissão pra homem. Onde já viu isso?”, disse Pelezinho, outro vendedor.
Tudo bem. Eu entendo a ironia e a ignorância deles, afinal a metade dos vendedores que trabalham comigo na estrada são analfabetos e a outra metade mal sabe escrever o nome. O problema foi a repórter, que ironizou a minha resposta e me perguntou novamente. “Tá, mas o que você quer ser mesmo no futuro. Como você se vê daqui a alguns anos?”. Eu quero ser escritor. Tem algum problema?
Ela queria que eu respondesse igualzinho aos meus companheiros de trabalho. É absurdo com às vezes as pessoas fazem perguntas afirmativas, esperando não uma resposta, mas a confirmação da pergunta. Sei que não é fácil se escritor num país onde a maioria da população não gosta de lê e se as políticas de incentivo à leitura são quase nulas. Mas mesmo assim, acredito que um dia serei um escritor.

Extraído de http://umalendapessoal.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário