Seja Bem Vindo

Este Blog foi criado com o objetivo de possibilitar uma maior interação entre minhas atividades e àqueles que por elas se interessarem.
Espero que gostem.
Antecipo meus agradecimentos e não esqueça de deixar seu comentário.
Sugestões pelo e-mail.
Obrigado pela visita.

sábado, 6 de março de 2010

O Educador e os recursos didáticos

Todo educador deve se apropriar de um arcabouço teórico-metodológico que lhe possibilite fundamentar sua atividade docente de acordo com as concepções que lhes vislumbre o ideal de homem e sociedade que deseja formar.
Para isso, é importante estar sempre buscando a sua qualificação permanente através de leituras e (in)formações para que seu trabalho não acabe se tornando um obstáculo a seus aprendizes por conta da descontemporaneidade de nossas práticas.
O ato pedagógico prescinde de um know-how capaz de torná-lo prazeroso para quem se destina e eficaz para quem o aplica.
Nos dias de hoje, contamos com uma infinidade de recursos didáticos capazes de proporcionar um aprendizado mais eficiente, até mesmo quando este ato é realizado de forma lúdica.
A escolha por um ou outro recurso deve ser parte fundamental do planejamento docente. No entanto, o papel do professor é imprescindível neste processo, pois qualquer recurso se tornará um empecilho à aprendizagem se o mesmo não for utilizado de forma adequada e planejada pelo professor.
É fato que numa sociedade fundamentada no cientificismo temos que estarmos antenados com os preceitos (e conceitos) que a ciência nos coloca enquanto “defensores do saber”, no entanto, nossa prática docente, posso assim dizer, deve estar permeada pela paixão e entusiasmo que o ato de ensinar demanda. Não sendo assim, de pouco adiantará teorias, recursos ou metodologias mirabolantes e espetaculares, pois sem esses dois componentes o processo de ensino aprendizagem certamente estará comprometido na sua essência.
Temos sim, que estar comprometidos com o crescimento individual e coletivo de cada um dos nossos educandos, oferecendo a estes oportunidades para que os mesmos tenham condições de se desenvolverem como pessoas capazes de construir uma sociedade mais justa, enfrentando os novos paradigmas e revoluções tecnológicas ao que o mundo atual nos remete de forma mais consciente e responsável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário